Cinco dicas para te ajudar a ter mais saúde mental



Todo final de ano é a mesma coisa? Promessas e promessas para uma nova vida no ano seguinte? Para que essa mudança aconteça é preciso pensar que todo dia é dia de dar o pontapé inicial a novos projetos, a uma vida nova ou a um recomeço. É como se cada dia da nossa vida fosse uma página em branco de um livro, que podemos ir preenchendo com a história que quisermos. Para fazer diferente e mudar a trajetória da vida é importante estar com a saúde mental em dia. Uma em cada cinco pessoas, apresentam um tipo de transtorno mental ao longo da vida, você sabia disso?

Pensando nisso, fiz umas pesquisas e achei uma lista com cinco dicas fáceis de seguir, segundo o coordenador de Saúde Mental do Ministério da Saúde, Quirino Cordeiro.


1- Seja realista: Para qualquer coisa atividade que você tem vontade de fazer (ou precisar realizar) é preciso adequar as expectativas geradas na idealização dessa atividade com a realidade do que se desenrolou ao longo do processo. É preciso levar em consideração as possibilidades que você se teve para alcançar as metas e objetivos pretendidos para evitar frustrações. Nunca exija mais do que você realmente pode fazer!

2- Evite o uso de álcool e outras drogas: O consumo e, pior, o abuso das chamadas substâncias psicoativas aumentam consideravelmente as chances de você desenvolver transtornos mentais. Se você já tiver algum transtorno, o consumo dessas substâncias pode agravar sua situação. Além disso, essas substâncias causam problemas degenerativos ao cérebro.

3- Seja sociável: Um dos pontos importantes em manter uma vida saudável, principalmente no quesito da saúde mental é manter contato direto (e presencial) com pessoas. A interação social é um fator de proteção ao surgimento de transtornos mentais. Então vale sair com os amigos, ir pra a casa de familiares ou procurar atividades em grupos com os mesmos interesses e gostos que você.

4- Cuide do corpo: Se alimente bem e sem exageros de doces, gorduras ou sal. Manter uma frequência de exercícios físicos de pelo menos três vezes por semana ajuda todo o corpo – inclusive o cérebro. Está comprovado cientificamente que aliar uma alimentação balanceada às atividades físicas é uma medida que ajuda a combater transtornos mentais.

5- Durma bem: uma boa noite de sono é fundamental para o bom funcionamento do corpo, em especial, do cérebro. Situações que levam à privação do sono ou uma má qualidade desse sono podem levar ao surgimento de transtornos mentais. Então evite usar esses celulares, tablete, computador ou ver televisão, pelo menos, 30 minutos antes de dormir, assim como se deve evitar luz forte ou moderada no ambiente. Além disso, um local confortável ajuda no descanso. Por fim, a média de horas de sono deve ser de sete horas por dia.



Comentários