Dia das mães!


Dedicado a minha mãe, minha irmã e minha filha!



Então, o Dia das Mães foi ontem e não tive tempo de postar aqui no dia, por ter estado beeeem grudadinha com a minha filhota, irmã e minha mãe. Pensei em inúmeras formas de começar esse post... Escrevi e reescrevi várias frases soltas, mas parece que nenhuma delas traduz em palavras realmente tudo o que eu quero expressar... Mas então, no auge desse meio que nervosismo para utilizar as palavras corretas, surgiu uma ideia que eu tenho certeza que seria um ótimo começo.



“Amar é lindo, gostar também, amar o mundo inteiro, e a nós também...”


Aposto que pensaram: meu Deus, "eu esperando um texto lindo e gigante, mas Fabrícia vem com uma frase da pré-escola!" kkkkkkk... Pois é, mas acontece que eu não consigo ver nada melhor do que esse texto para, no dia das Mães transmitir tudo que sinto por vocês, que são os tesouros da minha vida! Acontece que vejo nestes versos algo muito além de uma simples rima. Hoje vejo com outros olhos o que há alguns anos atrás eu escrevi num pedacinho de papel.



Amar é lindo. O amor é o mais belo e raro sentimento que existe, é uma dádiva que o ser humano possui, de conseguir amar e ser amado. E isso, eu devo a vocês. Pois com o amor de Deus, me ensinaram a amar, me ensinaram a respeitar, me ensinaram a dar valor à vida, aos amigos, aos familiares. E o mais importante de tudo: me deram amor. O amor mais singular que existe no mundo, o amor acolhedor, o amor que ensina, que provoca risos, lágrimas, que faz com que eu me sinta especial, protegida. E não o amor de faz-de-conta que existe em muitas famílias por aí. Sinto amor nas palavras doces, nos conselhos (que ultimamente têm me ajudado muito mais do que sequer imaginam), nas broncas, sim, e por que não? Se "brigam" comigo é porque me amam, e querem o meu bem. Está certo que na hora posso não gostar muito, mas logo passa, mas não exagerem tá?! Rsss...


Gostar também. Mãe, a senhora com sua bondade me ensinou a gostar das coisas mais inexplicáveis da vida. Uma simples sobremesa chamada "amizade colorida" deliciosa, mas ainda mais importante, você me ensinou a gostar do doce da vida, e, também, a saber lidar com o amargo, com as dificuldades, me ensinou a gostar da vitória, a gostar de aprender, de buscar o novo, me ensinou a gostar de aproveitar cada fase que passo, e que ainda vou passar. Ensinou-me a sentir o gosto da vida, com suas doces e acolhedoras palavras.

Amar ao mudo inteiro. Amar a vida, amar a família, amar a mim mesma. Mostrar esse amor. Toda vez que a senhora vinha como uma leoa querendo saber o que eu e minha irmã estávamos aprontando, ou quando vinha voando toda vez que eu gritava "manhêêê"... E no dia que me fez uma surpresa com um brinquedo que eu e Pri queríamos muito? O famoso jipe da Barbie... kkkk.. não esqueço nunca! Toda vez que dividiu comigo e minha irmã suas angustias, medos e felicidade. A senhora mostrou o seu amor, quando estendeu sua mão e disse pra eu não me preocupar que tudo vai passar, e que logo as coisas irão voltar ao normal, pois a felicidade mora dentro de mim!


E amar a nós também. Neste último verso, quero fazer na verdade aqui um pedido de desculpa. Por todas as vezes que não quis ouvir vocês, que fiquei chateada com vocês, que bati o pé, todas as vezes que por algum motivo ter decepcionado de certa forma, quero pedir desculpas pelas grosserias, pelas cenas, pedir desculpas por muitas vezes exigir tempo demais pra me ajudarem a cuidar da minha pequena. Quero pedir desculpas por muitas vezes não dar o valor que realmente merecem. Mas, só em ficar com minha filha, para eu poder sair para resolver algo bem rapidinho, já é uma demonstração de amor. 


Agora, espero que toda vez que lembrarem desse versinho simples, vejam o seu significado com outros olhos. Espero que com essas palavras tenha conseguido te mostrar apenas uma fração do sentimento que tenho e por tudo que sou agradecida. Fazer esta postagem, foi bem complicada, mas essas poucas palavras veio do coração, com sinceridade e com amor!


Quero aproveitar, e desejar um Feliz Dia das Mães para a minha irmã Priscilla, que está grávida de 8 meses, prestes a ver o lindo rostinho de Benício. Minha irmã que é o meu braço direito, meu saquinho de segredos, minha irmã querida, uma abençoada, que se preocupa com minhas coisinhas... Eu amo muito você e lhe agradeço por tudo o que você fez e faz por mim. O fato de você ser somente 1 ano mais velha que eu, nunca impediu você de se interessar por mim, e tantas vezes fazer não apenas o papel de irmã, mas também de mãe. Muitas felicidades, você é maravilhosa! Desejo tudo de mais perfeito para essa nova etapa linda que você irá viver, a de ser mãe! Muitas coisa lá de cima da postagem foi pra você também!!

Amo vocês duas demais!


E por fim, agradecer a Deus! Meu Deus, tenho muito a Te agradecer nesta minha vida, pois sempre me abençoaste com muitas graças. Mas há algo que eu agradeço acima de tudo, e é a bênção que me concedeste permitindo que fosse mãe. Obrigada, Senhor, por tão maravilhosa dádiva de amor, vida e beleza! Sinto-me completa, feliz e realizada, pois até ser mãe sentia que estava me faltando algo, como se houvesse um pedaço do meu coração que estivesse vazio esperando ser preenchido. Agora ele está por fim cheio, de amor, ilusão, esperança, alegria, de tudo que é bom e maravilhoso, e tudo graças a Ti, Senhor, que me abençoaste com a mágica da maternidade. Obrigada mais uma vez por Ter me dado essa menina doce, carinhosa, esperta, beijoqueira e muito minha amiga, com tão pouca idade. Essa minha "assanhadinha" preenche tudo o que falta em mim! Te amo minha Titina!


•.¸¸.• •.¸¸.•     •.¸¸.• •.¸¸.•     •.¸¸.• •.¸¸.•     

Comentários