Taxidermia divertida?!!

Orquestra porquinhos da Índia


Em tempos de Greenpeace, WWF, Unicef, Criança Esperança e antenas UHF as fotos que mostrarei, pode parecer meio absurdo, mas em 1965 pareceu bem “cute”. O Museu de Curiosidades do Sr. Potter, que já está fechado há muito tempo, ficava na Inglaterra e expunha animais taxidermizados, ou seja, empalhados. Walter Potter, o taxidermista, armava cenas e cenários para deixar os bichos secos e duros mais atrativos à criançada. E aí? Você visitaria este museu?! Diferente não?

Tudo começou com a morte do canário de estimação do artista. Potter empalhou o pássaro (imagem ao lado) e, daí para frente, nunca mais abandonou a taxidermia.

Uma de suas mais importantes obras foi realizada aos 19 anos, inspirada em um livro de rimas que sua irmã lhe presenteara - "A morte e o sepultamento de Cock Robin". Potter foi um homem de hábitos simples e rotineiros, mas, sem dúvida, um artista sensível e amante dos animais, por mais incoerente que isso possa parecer.

Kitten's Wedding (O casamento dos gatinhos)Estimativa de venda: $10.000 - Vendido: $35.100 
The Kitten's Tea party (Chá dos gatinhos)Estimativa de venda: $5.000 - Vendido: $26.450
The Squirrels Club (Clube dos esquilos ou Esquilos jogando cartas)Estimativa de venda: $5.000 - Vendido: $9.100
The Death (Morte ou Duelos com espadas entre dois esquilos)Estimativa de venda: $600 - Vendido: $2.000

O Museu Potter, ou Museu Bramber, inaugurado em 1961 (aldeia de Bramber/West Sussex), nasceu a partir da coleção do artista que crescia com o passar do tempo. Os animais empalhados agora estão fora de moda e vão na contramão do politicamente correto em um mundo preocupado com a ecologia e a preservação das espécies. Mas vale lembrar que os animaizinhos estavam mortos.

De onde vinham os animais taxidermizados? Além de um convênio com uma fazenda, que fornecia ao artista os filhotes indesejados, a contínua e crescente reputação de Potter fez com que o público lhe encaminhasse vários animais, muitos de estimação.

Cartao Postal Museu de Potter, ou Museu Bramber (1930)
O Museu, como coleção única, chegou ao final em 2003, quando as peças foram leiloadas. Em 691 lotes, a coleção foi vendida por 529.900 euros, muito acima das expectativas iniciais. As peças mais caras foram "A morte e o sepultamento de Cock Robin" e "O casamento do gatinho".

O Museu Potter foi um mundo de fantasias, repleto de cenas detalhadas de “animais-humanos”, o que, certamente, difere de animais humanizados. Toparia ir em um desses?! 

The Wiston Goat and Shoreham Monkey (Macaco montando uma cabra)Estimativa de venda: $1.500 - Vendido: $11.600
O macaco foi morto por um verdureiro que lhe jogou um balde de água fria, a fim de impedir seus constantes roubos. A cabra, porém, era uma fugitiva contumaz do Parque Wiston Estate Steyning, que já não podia controlá-la e, por isso, foi sacrificada.

The Happy Family (A família feliz)

Squirrels Gambling (Esquilos Gambling)

The Rabbits' Village School (A escola de coelhos)
Detalhe de The Rabbits' Village School (A escola de coelhos)
A Friend in need (Amigo em necessidade)


.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•

Comentários

Postar um comentário