Cerveja de Bacuri

Cerveja que tem erva-mate e até Bacuri no copo. Cerveja de Bacuri... diferente hein?! A tendência mundial dos mestres cervejeiros é partir para experimentação e utilização de ingredientes nacionais. 

Na Alemanha existe uma inflexível Lei da Pureza, de 1516. Ela diz que os únicos ingredientes que podem fazer parte da composição da cerveja são a água, o malte de cevada e o lúpulo. A determinação, que protegeu o país da falsificação do seu produto mais singular, agora engessa a indústria, que se encontra impedida por meios legais de buscar outras variantes. O futuro parece apontar para uma irreversível busca pelo "novo" sem desprezar a tradição. Recuperam-se até mesmo receitas esquecidas pelo tempo, em uma atitude "retrô" que desafia o lugar-comum.

A partir da crescente importação de artigos diferenciados, o enorme mercado brasileiro, por exemplo, começou a estimular empreendedores locais a buscar maior identidade e ousar na concepção de seus produtos. A tendência contemporânea e mundial dos mestres cervejeiros é, indiscutivelmente, partir para a experimentação e utilização de ingredientes regionais.

De Norte a Sul do Brasil há cervejas que trazem agradáveis surpresas em sua composição. A Dado Bier (RS) fabrica Ilex com erva-mate; a Colorado (SP) produz cervejas com café, rapadura, mel e mandioca; a Amazon Beer (PA) usa o bacuri; e a Falke Bier (MG) inclui a jabuticaba em uma de suas cervejas.

Pode parecer estranho, mas essa postura é certamente criativa e libertadora. Nos EUA são produzidas séries artesanais com avelã, chocolate, mel, zimbro, especiarias e variedades de cereais como aveia e trigo sarraceno. No Japão, o arroz e o chá-verde fazem parte de receitas de microcervejarias independentes. O mapa das "novas" cervejas não descarta iniciativas de ícones no assunto, como a Bélgica - reduto das lambics feitas com cereja e framboesa -, que já pesquisa algumas alternativas. É provar e sentir do que é capaz essa nova geração de bem-vindos artesãos.

O "novo mundo" da cerveja está consolidado, e é cada vez mais reconhecido por consumidores ávidos em ampliar seu repertório nesse universo de louras, ruivas e morenas. Para apreciar sua cada vez maior variedade de estilos, há que se livrar de preconceitos e mergulhar na degustação.


.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•


Comentários